Blog

Policia Civil conclui investigacoes de duplo homicidio no municipio de Sardoa

05 May, 2015

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu as investigações que apuraram o assassinato de José Geraldo Gonçalves, de 70 anos, e Amparo Gonçalves Costa, de 69. O casal de idosos foi executado no dia 18 de abril, na zona rural de Sardoá.

Conforme apurado, o crime teve participação de Renê Firmino de Andrade, vizinho e mandante do homicídio, que está foragido; de Magno Jesus da Silva, executor, preso por força de mandado de prisão, e de um adolescente de 17 anos. As investigações indicaram, ainda, que o homicídio, motivado por roubos de gado, foi totalmente filmado a mando de Renê.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Alexandra Gonçalves, tudo começou quando a vítima ofereceu a Magno, vaqueiro dele, R$ 4 mil para que assassinasse Renê, devido ao conflito com gado. Porém, como Magno teria contado o intento a Renê, ele ofereceu o dobro para executar José Geraldo.

No dia do crime, Renê se escondeu nas imediações da casa da vítima, enquanto os outros dois abordaram o casal. José Geraldo, assassinando com uma chave de roda automotiva, foi a primeira vítima. No momento em que ele desfaleceu no chão, os suspeitos exigiram que Amparo pegasse uma chave no bolso do marido, que daria acesso ao compartimento onde a vítima guardava uma arma. “Temendo que Amparo corresse e gritasse por socorro, os suspeitos efetuaram dois disparos nas costas dela, que faleceu no local”, disse a delegada que informou, ainda, que toda a ação foi gravada pelos investigados para servir como prova a Renê.

Fonte: Aconteceu no Vale

0 Comentários

Os comentários estão agora fechados.

Anunciantes